O Patrol é uma marca importantíssima de modelos de veículos automóveis de todo o terreno (offroad) 4×4 a nível mundial, com uma presença relevante em dezenas de países ao longo das últimas décadas. Vai atualmente na sua sexta geração e para muitos clientes e utilizadores é quase uma marca independente da própria Nissan, como se “Nissan Patrol” fosse um conceito próprio e separado do resto dos produtos da marca japonesa. Mas seguramente que, olhando aos resultados de vendas, os gestores da Nissan não se importam.

A marca Patrol foi descontinuada do mercado português mas continuam a ver-se muitos jipes desta marca a cruzar as estradas nacionais e, em especial, as trilhas, os caminhos agrícolas, os carreiros na mata e outras vias capazes de assustar o condutor de um veículo menos resistente.

Utilização militar

As qualidades de robustez e flexibilidade do Patrol fizeram dele uma opção a ter em conta por parte de responsáveis de forças armadas em diversos países do mundo. Atualmente, o exército irlandês continua a contar com o Patrol para equipar os seus efetivos com um bom modelo 4×4.

Evolução na continuidade

Se a primeira geração tinha um motor de 3.600 cc de cilindrada e 85 cavalos, a evolução foi constante. Em 2013, a sexta geração do Nissan Patrol conseguiu um feito para figurar no “Guinness – O Livro dos Recordes”. Um modelo da marca conseguiu rebocar um avião carregado (com um peso total de cerca de 170 toneladas) ao longo de 50 metros, numa impressionante demonstração de força.

Em outubro de 2019, foi apresentada uma nova versão do Patrol, aparentemente dedicada a clientes abastados do Médio Oriente. É uma maravilha da engenharia: um motor V6 de 4.000 cc com 270 cavalos de potência, na sua versão mais económica! Os mais exigentes terão um veículo todo o terreno com 395 cavalos e um motor V8 de 5.600 cc.